" ESCREVER É AMADURECER COM AS PRÓPRIAS IDEIAS!"

( Roberta Amaro )

segunda-feira, 31 de maio de 2010

TRUQUES DE MAQUIAGEM




1 – Pele mate
As peles mistas ou oleosas exigem cuidados especiais. A limpeza e a hidratação são indispensáveis. A aplicação de toneladas de pó para “apagar” o brilho é um erro. Existem produtos que neutralizam o excesso de oleosidade. Utilizar uma base oil free, leve e mate é regra a seguir escrupulosamente.



2 – Corrector
É indispensável em qualquer bolsa de maquilhagem devido às suas múltiplas funções: camufla imperfeições cutâneas – couperose, sinais, pequenas borbulhas, olheiras… – e todas as zonas de sombra do rosto. Mas não só. Pode ser utilizado como base das sombras dos olhos ou como substituto do lápis de contorno dos lábios.
O segredo está em escolher o tom certo, que deve ser um pouco mais claro que a pele, nunca mais escuro. A aplicação do corrector com um pincel é o gesto correcto.



3 – Blush
Deve fechar com chave de ouro qualquer maquilhagem, seja ela simples ou sofisticada. Muitas vezes, os pincéis fornecidos com o blush são demasiado planos, pequenos e ásperos. Deve optar por um modelo bastante felpudo e arredondado. Antes de fazer a aplicação do blush, não esqueça um gesto simples mas obrigatório: bater levemente o pincel sobre um toalhete. Como fazer a aplicação? Simples. Faça “boca de peixe” e aplique o blush na zona das maçãs do rosto que fica côncava. Esbata com um movimento de baixo para cima. Prefira os tons rosa, mais fáceis de aplicar e muito em moda nesta estação. Os tons fúchsia podem, quando mal aplicados, estragar um visual.
Acessórios: Os pincéis de maquilhagem devem ser de boa qualidade. Os preços variam e a dificuldade reside na escolha. M.A.C., Lancôme, Helena Rubinstein e Sephora são sinónimo de segurança e qualidade.



4 – Os olhos
A simplicidade é a regra de ouro, especialmente para quem se inicia na arte de maquilhar. Para dar às pálpebras um aspecto “esfumado”, recorra a um lápis preto, do tipo khol. Aqueça a ponta do lápis na palma da mão. Faça dois traços junto à raiz das pestanas superiores e esbata-os com a ponta do dedo ou cotonete.




5 – Sombra
Quando se utiliza uma sombra pela primeira vez, a tendência é para cometer alguns exageros e erros. Evitá-los é simples.


• Passe ligeiramente o pincel sobre um toalhete antes de aplicar a sombra


• Aplique uma cor clara sobre toda a pálpebra e, junto às pestanas, uma sombra mais escura


• Se, na aplicação das sombras, ultrapassar a arcada superior ou inferior dos olhos, não se assuste. Apague o excesso com um cotonete embebido em desmaquilhante


• Se as sombras “empastarem” ao longo do dia, espalhe-as suavemente com a ponta dos dedos, caso não tenha um pincel à mão



6 – Eyeliner
A maior dificuldade na aplicação do eyeliner é conseguir maquilhar os dois olhos de forma simétrica. Existe um pequeno truque para eliminar este problema: utilize um eyeliner de feltro em vez de um pincel e faça uma marca no canto externo do olho, no ponto exacto onde o traço deve terminar. Depois, com o cotovelo assente sobre uma mesa, faça um ponteado na base das pestanas. Em seguida, una esses pontos com um traço. O resultado é perfeito.



7 – Máscara
A primeira regra a ter em conta ao adquirir uma máscara é a sua qualidade, devido à sensibilidade da zona em que vai ser aplicada – as pestanas, verdadeiras “persianas” dos olhos. A segunda, substituí-la frequentemente – de dois em dois meses –, não só por motivos de higiene mas também porque têm tendência a secar. Aplique a máscara sempre a partir da base das pestanas. Repita a aplicação passados 45 segundos. Se as pestanas ficarem coladas, separe-as com um pequeno pente metálico.



8 – Bâton
Os lábios têm tendência a secar, pelo que a aplicação regular de um bâton ou bálsamo hidratantes é fundamental. Para os manter uniformes e suaves, recorra a uma esfoliação semanal com um produto específico. É fundamental fazer o contorno dos lábios com um lápis cuja cor se aproxime o mais possível do tom do gloss ou do bâton que se pretende aplicar, pois evita que o bâton migre para fora dos lábios. Escolha as cores com cautela. Se tiver dúvidas, peça a ajuda de um profissional.



Segredos das top models



James Kaliardos, make-up artist de L’Oréal Paris, revela alguns segredos de beleza das famosas:


• Para um efeito lifting. Esbata uma sombra escura sobre metade da pálpebra, na direcção das têmporas, e aplique uma cor clara na outra metade, até ao canto interno do olho


• Para tornar os olhos maiores. Na dobra da pálpebra superior, trace uma linha horizontal com uma sombra escura, esbatida, de dentro para fora, e ilumine o canto interno do olho com uma sombra irisada clara


• Para um olhar fatal. Aplique uma sombra bastante escura (preta ou cinzenta, de preferência) junto à base das pestanas e esbata, esbata até obter o efeito fumado. É a chave do êxito… e da sedução. Dizem



Yes you can!
Yannick Vaudry, make-up artist da Yves Saint Laurent, deixa algumas sugestões:


• Nos olhos: aposte nas cores mate e luminosas, use o eyeliner com conta, peso e medida


• Na face: utilize os pós bronzeadores com moderação. O importante é ter um ar natural e saudável


• Nos lábios: invista em tonalidades primaveris, abertas e frutadas, e nas texturas acetinadas. O rosa é rei em todas as suas nuances



A evitar
Existem cores e texturas a evitar, especialmente quando as técnicas de aplicação não são dominadas.


• Nos olhos: as sombras nacaradas que ampliam as rídulas


• Na face: o efeito terracota que empalidece e as texturas nacaradas que acentuam as imperfeições


• Nos lábios: definir o contorno com cor diferente do bâton utilizado





Fonte: Revista Máxima

domingo, 30 de maio de 2010

Tendências de esmaltes para o Outono-Inverno 2010


A brasileira se rendeu ao esmalte – em 2009 o setor cresceu mais de 15% e nos dois últimos anos a variedade de cores triplicou.Para você sair na frente, mostramos a cartela de tons que vai bombar no Outono-Inverno e ainda truques infalíveis, capazes de deixar as unhas lindas por mais tempo.Ulrica D’Orey
As tonalidades de roxo vão agradar às mais modernas.“A cor rejuvenesce, é irreverente, mas sofisticada”, diz Claudia Narciso, diretora criativa da Arezzo.
TRUQUE: Evite que o esmalte crie bolinhas.“Se estiver muito encorpado, devolva a textura original com gotas de recuperador de esmalte”, diz a manicure Neide Oliveira, do salão Fashion Clinic, no Rio de Janeiro, queridinha da atriz Juliana Paes.O esmalte da modelo é o Purple Sky Nails, Arezzo, R$ 9,90.
Fonte: http://claudia.abril.com.br/

sábado, 29 de maio de 2010

THE ONLY EXCEPTION

The Only Exception


Paramore
Composição: Hayley Williams / Josh Farro


When I was younger I saw

My daddy crying and cursed at the wind

He broke his own heart and

I watched as he tried to re-assemble it

And my mamma swore she would

Never let herself forget

And that was the day that I promisedI

'd never sing of love if it does not exist

But darling...
You are the only exception

You are the only exception

You are the only exception

You are the only exception
Maybe I know somewhere deep in my soul

That love never lasts

And we've got to find other ways

To make it alone or keep a straight face

And I've always lived like this

Keeping a comfortable, distance

And up until now I swored to myself

That I'm content with loneliness,

Because none of it was ever worth the risk
But you are the only exception

But you are the only exception

But you are the only exception

But you are the only exception
I've got a tight grip on reality,

But I can't let go of what's front of me here

I know you're leaving in the morning, when you wake up,

Leave me with some kind of proof it's not a dream
Whooa...
You are the only exception

You are the only exception

You are the only exception

You are the only exception

You are the only exception

You are the only exception

You are the only exception

You are the only exception
And I'm on my way to believing



video

sexta-feira, 28 de maio de 2010

PORCELANA QUEBRADA


Quando ela nasceu todos a bajulavam. Era uma bonequinha sensível. Na verdade era tudo que os pais esperavam. Projetaram nela os mais belos sonhos. E o tempo passou, a menina cresceu. Por muitas vezes sorriu pelos presentes, mas também chorou pelos “tombos”. Cresceu em berço de ouro. Obteve a melhor educação. Vestiu o melhor. Contudo, a bonequinha quebrou sua porcelana.
Não que ela não gostasse da sua vida. Na realidade ela gostava, e até foi motivo de orgulho dos pais por várias vezes. Porém, por causa das muitas distrações e dos atrativos do mundo, sua porcelana se quebrou. A bonequinha agora vai ser mãe!
Tudo soa como uma melancólica narrativa, mas essa tem sido a situação retrato na vida de muitas jovens. Quando crianças sonham com contos de fadas. Quando jovens querem aproveitar os momentos e acabam acreditando no primeiro rapaz com que se apaixonam.
Antes da gravidez eram meninas aparentemente felizes. Qualquer um diria que o futuro delas seria brilhante. Hoje, são meninas com corpo de mulher marcadas por uma escolha errada. Infelizes, embora não admitam. Mas há momentos – os quais só elas conhecem – em que se sentem vazias e tristes, como se nada mais valesse a pena.
Como ser humano gostaria de poder aliviá-las da dor que sentem. A dor de terem sido usadas e descartadas com um objeto qualquer. Creio que ser mãe para elas constitui uma tarefa de difícil execução. Ter que conviver com uma grande responsabilidade sem nenhuma instrução. Tudo que elas querem é voltar atrás e poder corrigir as rotas, fazer as escolhas certas. Mas agora não podem, afinal há uma vida dentro delas que precisa de apoio.
São nesses momentos que as escolhas deveriam ser repensadas. O jovem vive de escolhas e a juventude é uma escola. Uma importante prova de várias alternativas, porém só uma das opções garante os pontos para a vitória. Nessa escola não há recuperação, é tudo ou nada. As escolhas certas são as que qualificam.
A menina com mente infantil e físico de mulher hoje quer amor, apoio. Antes era o centro das atenções, agora ninguém mais a vê. Os “amigos” fugiram, os pais julgam, alguns falam mal. Enfim, a vida está no chão, como um resto despedaçado.
Talvez esse seja o seu problema, ou então a sua história de vida até agora. Talvez você nem nunca passou por isso, nem por nada semelhante. Independentemente da sua condição, saiba que o primeiro passo para sair do sofrimento é acreditar que tudo pode mudar. Depois disso é necessário ter certeza, FÉ. Que você tenha essa convicção e não desanime na primeira fraqueza. Deus está pronto para enxugar as lágrimas, até aquelas que não rolam pelo rosto, mas saem da alma. Apesar de você não poder voltar atrás para concertar escolhas, você pode escolher agora um novo caminho. Um caminho que vai mudar sua vida, uma estrada onde o verdadeiro amor se manifesta da forma mais pura. Um caminho que nos leva até a mais sincera amizade, ao Único que pode arrancar o sofrimento e colocar a paz e a felicidade no coração. Esse alguém é o Senhor Jesus. Só Ele pode concertar uma vida despedaçada e fazer com que esqueçamos do passado triste.Para escolher esse caminho você precisa desejá-lo. Abrir mão desta vida difícil que tem levado. Só depende de você.
O Senhor Jesus não quer reconstruir sua velha porcelana quebrada, mas moldar e lapidar seu novo ser como um fino ouro. Uma jóia rara em sua presença. Basta você querer, Ele espera pela sua resposta.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

AS ESTAÇÕES


Um homem morava no deserto e tinha quatro filhos ainda adolescentes.
Querendo que seus filhos aprendessem a valiosa lição da não precipitação nos julgamentos, os enviou para uma terra onde tinha muitas árvores. Mas ele os enviou em diferentes épocas do ano.

O primeiro filho foi no inverno, o segundo na primavera, o terceiro no verão e o mais novo foi no outono.

Quando o último deles voltou, o pai os reuniu e pediu que relatassem o que tinham visto.

O primeiro filho disse que as árvores eram feias, meio curvadas, sem nenhum atrativo.
O segundo filho discordou e disse que na verdade as árvores eram muito verde e cheias de brotinhos, parecendo ter um bom futuro.

O terceiro filho disse que eles estavam errados, porque elas estavam repletas de flores, com um aroma incrível e uma aparência maravilhosa!

Já o mais novo discordou de todos e disse que as árvores estavam tão cheias de frutos que até se curvava com o peso, passando a imagem de algo cheio de vida e substância.

Aquele pai então explicou aos seus filhos adolescentes que todos eles estavam certos.

Na verdade eles viram as mesmas árvores em diferentes estações daquele mesmo ano.

Ele disse que não se pode julgar uma árvore ou pessoas por apenas uma estação ou uma fase de sua vida.

Ele explicou que a essência do que elas são, a alegria, o prazer, o amor, mas também as fases aparentemente ruins que vem daquela vida só podem ser medidas no final da jornada quando todas as estações forem concluídas.

Se você desistir quando chegar o “inverno”, você vai perder as promessas da primavera, a beleza do verão e a plenitude do outono.

Não permita que dor de apenas uma “estação” destrua a alegria de todas as outras. Não julgue a vida por apenas uma fase.

Persevere através dos caminhos dificultosos, e épocas melhores virão com certeza!

Viva de forma simples, Ame generosamente, Se importe profundamente, Fale educadamente...

E deixe o restante com Deus!

A felicidade mantém você doce.

Dores mantém você humano.

Quedas te mantém humilde.

Sucesso te mantém brilhando.

Provações te mantém forte.

Mas somente Deus………

……te mantém……..

…prosseguindo..…

quarta-feira, 26 de maio de 2010

NOTA DE 100 REAIS


Um famoso palestrante começou um seminário numa sala com 200 pessoas, segurando uma nota de R$100,00.
Ele perguntou: “Quem de vocês quer esta nota de R$100,00” ?
Todos ergueram a mão…
Então ele disse: “Darei esta nota a um de vocês esta noite, mas, primeiro,deixem-me fazer isto…”
Então, ele amassou totalmente a nota.
E perguntou outra vez: “Quem ainda quer esta nota?”
E continuou: “E se eu fizer isso…” Deixou a nota cair ao chão, começou a pisá-la e esfregá-la.
Depois, pegou a nota, agora já imunda e amassada e perguntou: “E agora?… “Quem ainda vai querer esta nota de R$100,00”?
Todas as mãos voltaram a se erguer.
O palestrante voltou-se para a platéia e disse que lhes explicaria o seguinte:
“Não importa o que eu faça com o dinheiro, vocês continuarão a querer esta nota, porque ela não perde o valor. Esta situação também acontece conosco… Muitas vezes, em nossas vidas, somos amassados, pisoteados e ficamos nos sentindo sem importância. Mas, não importa, jamais perderemos o nosso valor. Sujos ou limpos, amassados ou inteiros, magros ou gordos, altos ou baixos, nada disso importa !… Nada disso altera a importância que temos!… O preço de nossas vidas, não é pelo que aparentamos ser, mas, pelo que fizemos e sabemos”!

terça-feira, 25 de maio de 2010

LEMBRANDO DO QUE VOCÊ DEVERIA ESQUECER





Já aconteceu de você ter ido fazer algo importante na sua vida, mas você ficou “preso” ou se atrasou porque esqueceu de alguma coisa? Por exemplo, você descobriu que esqueceu suas passagens e passaporte somente quando chegou ao aeroporto? Ou no caminho para uma entrevista de emprego, percebeu que havia esquecido um documento importante, 5 minutos antes de começar a entrevista?
Por que temos a tendência de esquecer as coisas que deveríamos lembrar, e lembrar das coisas que deveríamos esquecer?
Alguém uma vez disse que o sucesso é uma atitude. Eu concordo, porque isto não é muito diferente do que o Espírito Santo revelou para o apóstolo Paulo.
Paulo percebeu que se ele quisesse obter sua salvação ele não poderia considerá-la como coisa garantida. Ele tinha que esquecer dos seus esforços passados e continuar na luta. Ele tinha que se concentrar nas coisas que estavam por vir em vez de pensar nas coisas que haviam passado. Ele sabia que este era o único jeito pelo qual ele conseguiria realizar o propósito da sua fé com sucesso. Seria inútil para ele continuar olhando para trás e ficar pensando nos seus sucessos ou fracassos passados.
Da mesma maneira, o seu sucesso depende da atitude que você tem para com os seus problemas. Olhar para o seu futuro através da lente do seu passado é geralmente uma atitude negativa. Por exemplo, uma mulher que foi mal-sucedida em relacionamentos anteriores, torna-se receosa e cética em um novo relacionamento, porque ele supõe que este, provavelmente, falhará como os anteriores. Outro exemplo é a pessoa que tem uma ótima idéia de negócio, mas tem receio de começar o seu próprio negócio pois já tentou uma vez e não deu certo.
Portanto, para alcançar sucesso na vida, você tem que aprender a esquecer-se completamente das coisas que ficaram para trás: sua idade, fracassos, relacionamentos passados, vitórias passadas que não lhe ajudam mais, decepções, etc. E, agindo desta forma, você deve continuar lutando por seus objetivos até alcançá-los.
Em outras palavras, trabalhe nos seus projetos e persiga-os do mesmo jeito que fazia quando começou – mesmo que esteja lutando por eles há muito tempo. Até Deus renova a Si mesmo todas as manhãs (veja Lamentações 3.21-23).
Aqui está um exercício mental que pode ajudá-lo a começar. Imagine que você precisa sair de dentro de você mesmo por um momento e então olhar para sua vida no passado como é hoje. O que você vê? Como é a vida desta pessoa? Dê uma olhada no seu corpo, suas roupas, seus relacionamentos, finanças, trabalho, sua carreira – tudo. Considere como tudo está neste exato momento, mas aqui siga este segredo: NÃO olhe para o seu passado. Finja ser outra pessoa e que você não sabe nada do passado dela. Você somente pode ver o que é, não o que já foi. (Isto vai lhe ajudar a se livrar da negatividade que você carrega do seu passado).
Então pergunte a si mesmo o seguinte: Se eu tivesse que trocar de lugar com esta pessoa hoje, e tivesse que mudar as coisas, o que eu faria?
Do mesmo jeito que você vai pensar para obter respostas para esta pergunta, Deus vai começar a lhe mostrar uma lista de coisas que você pode fazer para alcançar mudanças em cada área de sua vida. Escreva-as em um papel. Então, planeje o seu ano de acordo com esta lista e aja em cima de cada idéia. Você verá como a sua vida será diferente em apenas doze meses!
Não subestime o poder deste exercício. Isto pode literalmente mudar sua vida. Mas claro, talvez você esteja muito ocupado para fazer isso ou simplesmente acabará esquecendo o que acabou de ler.
Eu entendo.
(Bem, na verdade, eu não entendo).

segunda-feira, 24 de maio de 2010

ATROPELADO PELA BICICLETA


Na semana passada aconteceu um fato no trânsito um tanto patético.

Pela manhã, quando levava minha filha para o cursinho, quase me envolvi num acidente sem se quer ter o provocado.

Segunda-feira, uma imensa frota de carro e de repente o trânsito pára. Uma moto avança pelo lado direito do carro e uma mulher empurra sua bicicleta no sentido contrário. E em questão de milésimos de segundos o motoqueiro pára bruscamente e sofre uma queda em frente do meu carro. Sim, a ciclista não enxergou o motoqueiro e a roda da bicicleta derrubou a moto. O motoqueiro se vê na obrigação de parar para não atropelar a mulher. Ou seria não ser atropelado por ela? Ah! Que trânsito! E eu alí torcendo para que a moto não batesse no meu carro. Foi por pouco. O motoqueiro se levanta e a mulher com semblante estupefato e seu sorriso amarelo pergunta: " Se machucou? Desculpa." E o motoqueiro sem jeito se levanta não diz nada, monta na moto e sai...

Poderia ter sido algo muito grave e até ter envolvido os carros junto. Já pesou se o trânsito não estivesse parado? Quem pagaria os prejuízos, se houvesse? O motoqueiro ou a mulher? Como chegar em casa e explicar que uma moto fora atropelada por uma bicicleta?

A verdade é que estamos cada vez mais despreparados para lidar com o tempo. Ao invés de vivermos o agora pensamos demasiadamente no amanhã, e isso com respeito aos problemas e preocupações. Quadro que nos torna cada vez mais inconsequentes. Como resolver os problemas assim? Impossível. É como diz o ditado: " Deu com os burros n'água!" .

Decidimos ser inimigos do tempo, o tempo nos apressa e nós aceleramos o tempo... Falamos que o ano está passando rápido, todavia quem anda passando rápido somos nós. Sim, isso quer dizer que não estamos mais pensando e sempre agindo desesperadamente. Quando não se pensa a ação é rápida e o tempo passa voando sem aproveito nenhum.

A cada dia estamos mais dispersos e é claro como no acontecimento referido, provocando acidentes. Correndo atrás do vento sem se quer conseguir tocá-lo. Em Mateus 6:34 a palavra de Deus nos convida a refletir sobre a ansiedade. Que não devemos andar ansiosos com os problemas, com o que vestir, comer , falar, e nem tão pouco com o amanhã, pois o amanhã terá seus cuidados e já basta o mal que devemos enfrentar no presente, ou seja, no dia de hoje.


Então, seja sábio preocupe com que tem para ser resolvido agora. A ansiedade é uma frustrada nunca conseguiu nada na vida. E você? Não vai fazer companhia para ela né?


Pense nisso!


Texto: Ronaldo Antônio Amaro

Adaptação e publicação: Roberta Gabriela Amaro

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Cuidado com o salto alto



Aliado da beleza feminina, ele pode causar muitos problemas de saúde se não usado com cautela.
Para 80 % das mulheres, o salto alto é tudo de bom: turbina o bumbum, coloca o peito para frente deixando a mulher muito mais bonita e imponente, certo? Errado!
Segundo a Sociedade Americana de Ortopedia, cerca de 3 bilhões de dólares são gastos anualmente em cirurgias nos pés.
A surpresa fica por conta do maior causador das doenças: o salto alto. Infelizmente, quanto maiores eles são, mais dores e problemas ortopédicos causam.
Calos, bolhas, inchaço e até fissuras podem aparecer por causa do excesso de saltos.
Quando usado por um longo período, saltos que tenham mais que 4 centímetros de altura podem causar danos à coluna e aos joelhos, encurtamento dos músculos da panturrilha e desvios nos pés. Independente do tamanho e do formato, ele muda a maneira como a pessoa pisa no chão e se equilibra (quanto maior o salto, menor a superfície de apoio), o que faz com que o peso se concentre nos dedos.
“Quando a pessoa anda de salto, joga todo o peso do corpo na parte da frente do pé, e isso causa desde pequenas fraturas por estresse até traumas por repetição, como o Neuroma de Morton, um inchamento do nervo que fica no meio dos ossos”, diz o ortopedista José Luis Zabeu.
A fisioterapeuta Fernanda Elhiage, especialista em ginástica laboral, aponta também problemas de desvios na coluna.
“Para conseguir equilíbrio em cima de um salto muito alto, o corpo busca compensações que podem levar a hiperlordoses e hipercifoses”, afirma.
Outros males relatados são o encurtamento muscular, que leva a uma alteração postural, deformidades ósseas e problemas vasculares.
“Ficar muito tempo em pé de salto deixa a panturrilha em constante contração, fazendo com que o sangue não seja totalmente bombeado para todos os lugares da perna”, ela explica.
Por isso que existem pessoas que usam salto alto constantemente e quando colocam “rasteirinhas” ou tênis ficam desconfortáveis na panturrilha e nos pés.
Outro problema são as dores no arco anterior dos pés, local onde o pé fica apoiado nos famosos joanetes, causados pelo desvio dos dedos e por compressão.
Pisada errada
Calçados fechados de borracha e outros materiais sintéticos, como o tênis, facilitam o aparecimento de micoses.
Ele deve ser arejado e não deve ser usado por dois dias seguidos.
É preciso deixá-lo fora do armário, se possível, no sol.
Enxugar bem os pés também previne as micoses e o mau cheiro.
Modelos com bico fino facilitam o aparecimento de unhas encravadas – para evitar o problema é preciso cortar a unha de modo a deixá-la quadrada e sem pontas.
Os mais recomendados são os sapatos com saltos e bicos quadrados, por serem mais estáveis e confortáveis.
Os solados tipo plataforma também são uma boa opção porque ajudam a manter o equilíbrio mais facilmente. Fuja, ou reserve para ocasiões muito especiais, os sapatos de salto fino ou agulha, que são pouco estáveis e facilitam uma torção.


Por Isabelle Lindote
Fonte: Revista Zero
Foto: Símbolo Imagens


terça-feira, 18 de maio de 2010

LUPY, O MOTIVADO


Eu já vi muitas palestras sobre motivação, mas confesso que nenhuma delas foi capaz de passar o verdadeiro espírito dessa palavra. Foi aí que um dia percebi o que era motivação...

Não aprendi em palestras, livros ou muito menos num consultório de psicologia. Aprendi com quem jamais imaginei aprender alguma coisa: aprendi com Lupy, meu cachorro.

Todo dia é a mesma situação: levanto pela manhã, vou até o canil e lá está ele com sua bolinha amarela. Amiga inseparável, carregada pra baixo e pra cima. Não importa aonde ele esteja, certamente a bolinha amarela estará junto. Mesmo que ela esteja suja ou num lugar de difícil acesso, ele jamais desiste.

Esse aí na foto é o Lupy e como disse com a inseparável bolinha amarela. Lupy faz de tudo por essa bola, você pode jogá-la 1000 vezes, com certeza 1000 vezes ele irá buscá-la. Faça chuva ou sol, aonde ela estiver ele vai procurar.

Isso seria comum demais, afinal cães adoram brinquedos. Mas não para mim. Tudo que Lupy faz irracionalmente é a demonstração mais racional sobre MOTIVAÇÃO.

Estar motivado é muito diferente de ser motivado, e no caso do Lupy ser motivado é o que interessa. Não que ele saiba motivar ou que motive algo. Ele tem um motivo: a bolinha.

Lupy tem aquilo que muitas pessoas nunca conseguiram alcançar ou ter na vida: um motivo, um objetivo. Parece bobagem tudo isso, todavia a verdade é que os animais nos ensinam muito e nós como raramente entendemos ficamos sem seus ensinamentos.

Depois de tudo fiz questão de "assistir" algumas aulas particulares com o doutor Lupy e cheguei a conclusões importantes sobre MOTIVAÇÃO:



1º) TENHA UM MOTIVO.

Se você não definir seu objetivo, gastará seu tempo com outros motivos que não lhe interessam.

Eu quero a bolinha amarela.



2º) CONCENTRE-SE NO MOTIVO.

Olhar para o alvo significa saber aonde alcançá-lo.

Não perca a bolinha de vista.



3º) VÁ EM BUSCA DO MOTIVO.

Mesmo que alguém ou as circunstâncias lance seu objetivo no fundo de um poço, desça e

busque-o; e se ele estiver a quilômetros de distância, corra o máximo que puder para não

perdê-lo para ninguém.

Lupy correria mais de um quarteirão se preciso para buscar a bolinha. E faria isso quantas vezes fosse necessário.



4º) SACRIFIQUE-SE PELO MOTIVO.

Haverá dias em que você terá que trabalhar muito na busca dos objetivos.



5º) ZELE PELO MOTIVO.

Tenha sempre em mente o que deseja ter, ser ou alcançar. Não permita que seu objetivo se perca no meio de uma dúzia de dúvidas.

Lupy coloca a bolinha dentro da casinha quando vai dormir e até dentro da vasilha de comida na hora da refeição.



6º) QUEM TEM UM MOTIVO VIVE.

O motivo precisa existir para que a vida tenha sentido. Quem não sonha não tem objetivos, ou seja, motivação.



E aí pronto para correr atrás da sua bolinha amarela?



O Lupy sempre estará!

terça-feira, 11 de maio de 2010

A Samambaia e o Bambu


Certo dia, decidi dar-me por vencido. Renunciei ao meu trabalho, às minhas relações e à minha fé. Resolvi desistir até da minha vida.


Dirigi-me ao bosque para ter uma última conversa com Deus.“Deus”, eu disse: “O Senhor poderia me dar uma boa razão para eu não entregar os pontos?”


Sua resposta me surpreendeu: “Olhe em redor. Você está vendo a samambaia e o bambu?”
“Sim, estou vendo”, respondi.


“Pois bem, quando Eu semeei as samambaias e o bambu, cuidei deles muito bem. Não lhes deixei faltar luz e água. A samambaia cresceu rapidamente. Seu verde brilhante cobria o solo. Porém, da semente do bambu nada saía.


Apesar disso, eu não desisti do bambu. No segundo ano, a samambaia cresceu ainda mais brilhante e viçosa. E, novamente, da semente do bambu, nada apareceu.


Mas, eu não desisti do bambu. No terceiro ano, no quarto, a mesma coisa. Mas, no quinto ano, um pequeno broto saiu da terra. Aparentemente, em comparação com a samambaia, era muito pequeno, até insignificante.


Seis meses depois, o bambu cresceu mais de 50 metros de altura.Ele ficara cinco anos afundando raízes. Aquelas raízes o tornaram forte e lhe deram o necessário para sobreviver.


A nenhuma de minhas criaturas eu faria um desafio que elas não pudessem superar.”
E, olhando bem no meu íntimo, disse: “Você sabia que durante todo esse tempo em que você vem lutando, na verdade, estava criando raízes?


Eu jamais desistiria do bambu. Nunca desistiria de ti. Não se compare com outros. O bambu foi criado com uma finalidade diferente da samambaia, mas ambos eram necessários para fazer do bosque um lugar bonito.


Seu tempo vai chegar”, disse-me Deus. “Você crescerá muito!”


“Quanto tenho de crescer?” Perguntei.


“Tão alto como o bambu?” Foi a resposta. E eu deduzi: Tão alto quanto puder!


Espero que estas palavras possam lhe ajudar a entender que Deus nunca desistirá de você.

Nunca se arrependa de um dia da sua vida.

Os bons dias lhe dão felicidade.


Os maus lhe dão experiência.

Ambos são essenciais para a vida.

A felicidade lhe faz doce.

Os problemas lhe mantêm forte.

As penas lhe mantêm humano.

As quedas lhe mantêm humilde.

O bom êxito lhe mantém brilhante.

Mas, só Deus lhe mantém caminhando.


Publicado por Bispo Edir Macedo