" ESCREVER É AMADURECER COM AS PRÓPRIAS IDEIAS!"

( Roberta Amaro )

domingo, 31 de janeiro de 2010

APRENDENDO NAS FÉRIAS


Nessas férias resolvi aprender sobre primeiros socorros. Li um livro sobre o assunto e achei muito interessante tudo que aprendi. Considero um aprendizado imprescindível a qualquer pessoa, afinal nunca sabemos quando iremos precisar desses conhecimentos.

Quero compartilhar então uma parte do que aprendi aqui no blog. Aqui vai a lista de materiais que devem ter uma caixa de primeiros socorros:

  • Compressa de gaze esterilizada (5 envelopes);


  • Ataduras de gazes em três tamanhos (2 rolos cada);


  • Gaze tipo chumaço, para os olhos (5unidades);


  • Algodão hidrofílico (1 pacote 50g);


  • Esparadrapo;


  • Cotonetes;


  • Curativo adesivo;


  • Sabão anti-séptico e sabão de coco;


  • Soro fisiológico (2 frascos);


  • Tesoura;


  • Sacos plásticos;


  • Lanterna;


  • Luvas de borracha;


  • Toalhas de papel;


  • Talas de papelão ou infláveis;


  • Máscara de respiração descartável.

É sempre importante ter todos esses itens, principalmente dentro do carro e em viagens. Esse é só um dos assuntos, logo publicarei outras dicas super importantes!


Até lá!

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

MEUS LOOKS PREFERIDOS




Olha que show esse look! Modesta parte ficou linda e elegante essa produção. Foi eu quem fiz. É verdade! Juro que se soubesse desenhar adotaria como hobby ser estilista. Mas tenho bom gosto e é o que importa. Na verdade esse estilo de roupa faz parte de uma das minhas mudanças para 2010: meu guarda-roupa. Vou mudar muita coisa. Quero apostar nas saias e vestidos e no indispensável salto, seja fino, anabela, quadrado, meia pata, não importa!


É preciso mudar você não acha? Então poste um comentário abaixo dizendo sua opinião sobre o look.


Obs.: Fique de olho! Logo publicarei mais looks para vocês comentarem.
Até lá!

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

BUBBLY (Colbie Caillat)

[Bubbly]

Will you count me in?

I've been awake for a while now

You've got me feeling like a child now
'Cause everytime I see your bubbly face
I get the tingles in a silly place

It starts to my toesand
I crinkle my nose
Wherever it goes
I always know
that you make me smile
please stay for a while now
just take your time
wherever you go

The rain is falling on my window pane
but we are hiding in a safer place
under the covers stayin safe and warm
you give me feelings that I adore

It starts in my toes
makes me crinkle my nose
wherever it goes
I always know
that you make me smile
please stay for a while now
just take your time
wherever you go

What am I gonna say
when you make me feel this way
I just........mmmmmmmmmmm

It starts in my toes
makes me crinkle my nose
wherever it goes
I always know
that you make me smile
please stay for a while now
just take your time
wherever you go

I've been asleep for a while now
You tucked me in just like a child now
Cause everytime you hold me in your arms
Im comfortable enough to feel your warmth

It starts to my soul
And I lose all control
When you kiss my nose
The feeling shows
Cause you make me smile
Baby just take your time now
Holding me tight

Wherever, wherever, wherever you go
Wherever, wherever, wherever you go.....


TRADUÇÃO

[Animada]

Eu estou acordada há algum tempo agora

Você fez com que eu me sentisse como uma criança

agora

Porque toda vez que eu vejo seu rosto animado

Eu sinto um arrepio num lugar bobo

Refrão:

Começa na ponta dos meus pés

Me faz enrugar o nariz

Para onde for, eu sempre sei

Que você me faz sorrir

Por favor, fique por um instante agora

Não tenha pressa

Em qualquer lugar que você vá

A chuva está caindo no vidro da minha janela

Mas nós estamos nos escondendo em um lugar seguro

Debaixo das cobertas, ficando secos e quentes

Você me dá sentimentos que eu adoro

Refrão

O que eu vou dizer

Quando você faz com que eu me sinta desse jeito?

Eu apenas.........

Refrão

Já faz um tempo que eu adormeci

Você me cobriu como uma criança agora

Porque toda vez que você me segura em seus braços

Eu fico confortável o bastante para sentir o seu calor

Começa na minha alma

E eu perco todo o controle

Quando você beija o meu nariz

O sentimento aparece

Porque você me faz sorrir

Baby, não se apresse

Enquanto você me abraça forte

Em qualquer lugar, em qualquer lugar, em qualquerlugar que você vá...

Em qualquer lugar, em qualquer lugar, em qualquerlugar que você vá...



video

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

QUE VENÇA O MELHOR


" O homem é o lobo do próprio homem", já dizia o filósofo em um momento de reflexão. Um lobo, será mesmo esse o nosso papel? Seremos a caça ou o caçador? Perguntas demasiadamente subjetivas para nós, seres manipulados pelo capitalismo e com algo em comum: a habilidade em competir.

A competição "predatória", nada mais peculiar para o século XXI. O desejo de alcançar o primeiro lugar, de ser o melhor, mesmo que para isso tenhamos que ser lobos e engolir qualquer um que atrapalhe. Na corrida para o pódio não há tempo para o próximo, afinal este é o concorrente. Vence o melhor, o mais apto aos desafios, aquele que tem resiliência e resiste até o fim.

Praticamente uma seleção natural, testificada pela Biologia e que hoje se assemelha com o tal vestibular. Talvez não haja exemplo melhor de competição como a desse processo de seleção. A concorrência é enorme, às vezes desleal, e tudo que você precisa é : engolir seus adversários. Caso essa estratégia não funcione, resta destilar o veneno e torcer para que "carinha CDF" do cursinho quebre a perna a caminho ou tenha uma brava dor de barriga.

Estratagemas maléficas usadas por qualquer lobo. Para ser um desses é simples. É só se atentar para a ordem seguir as instruções e quando estiver dada a largada: QUE VENÇA O MELHOR!!!!

PICHE NO BURACO, SERÁ QUE RESOLVE?


Todo ano é a mesma coisa, passa a estação das chuvas e eles logo aparecem. Lá estão eles, pequenos, médios ou enormes, não importa a dimensão. Eles existem: os buracos. Para resolver chama-se a "operação tapa buracos". Joga-se o piche e depois vem a máquina espalhando aquela massa negra e pegajosa, que todo mundo conhece. Pronto, buracos tapados. Tarefa cumprida. Tarefa cumprida? Não, puro engano! Já, já voltam as chuvas e os buracos também. Ou seriam crateras? Situação corriqueira, não? Eu já vi, você já viu. E não adianta.

Pois bem, é exatamente assim como o piche que o sistema de cotas em universidades públicas irá funcionar. As cotas são a alternativa mais fácil para se encobrir o problema crônico da má qualidade de ensino público no Brasil. E o desleixo político do Estado quanto ao assunto.

Usar o discurso da desigualdade social entre "negros" e "brancos" para defender o sistema, constitui-se uma alternativa sem préstimo. É também escusado dizer que com as cotas haverá mais chances de aprovação e inclusão de negros nas universidades. O vestibular é um processo de exclusão e não de inclusão. Assemelha-se á lógica de um funil. Tudo em função das vagas disponíveis.

Os buracos estão aí, a escola pública deficiente, a falta de investimento, a baixa frequencia escolar... Todos questionam, é culpa das chuvas que abrem os buracos ou das desigualdades sociais que a História explica muito bem. O que ninguém faz é questionar o sistema de vagas. Será o suficiente? Lembro-me de quando prestei o vestibular pela primeira vez, eram 35 por vaga no curso de medicina. Foi uma tortura, se você já passou por isso sabe como é a competição.

Eu pergunto, por que não investir na construção de novas UFs? Por que não criar cursinhos pré-vestibulares para alunos da rede pública? Por que não aumentar o número de vagas? Simples, sabe por quê? Porque colocar o piche nos buracos é mais "viável" do que reconstruir a rodovia inteira.

Cota não é solução e sim a alternativa imediatista mais fácil, assim como o piche. Infelizmente não resolve.

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

O QUE QUERO COMPARTILHAR




Fiquei angustiada sem saber o que postar hoje. Parece que as ideias não querem se transportar para o papel. Sabe que eu nunca consegui escrever uma postagem sem antes transmití-la para uma folha de papel? Pois é, manias...


Por isso, devido a tamanha indecisão, resolvi compartilhar com você a principal idéia que me moverá esse ano. A verdadeira meta. O alvo que estarei brevemente prestes a acertar. A certeza. Meu sonho: a MEDICINA


Fiz essa escolha com plena e total consciência. Eu não sou médica ainda, eu já nasci médica. A minha vontade é inexplicável, isso porque os sonhos que o próprio DEUS traça são único e nos completam.


Amanhã quero falar sobre algo muito forte. Para aqueles que assim como eu têm metas para alcançar em 2010. Saiba aqui no meu blog se aquilo que você quer é um simples desejo ou uma forte ambição.




Até lá.




segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

PULSEIRAS DO SEXO, BRINCADEIRA DE MAU GOSTO


No Brasil o mercado do entretenimento movimenta milhões de reais todo ano. São inovações, tecnologia, brinquedos importados, jogos, enfim, uma infinidade de produtos que fazem a cabeça das crianças e dos jovens.

Pena que nem tudo que se importa seja adequado. É o caso da nova brincadeira importada da Inglaterra, as chamadas "pulseiras do sexo". Uma espécie de jogo inventado pelos ingleses e que tem gerado bastante polêmica. As pulseiras, ou braceletes possuem significados eróticos e parece que já virou moda no Brasil. Nessa hora os que mais se preocupam são os pais que desinformados não sabem a maneira certa de lidar com a situação.

Elas são verdes, amarelas, pretas, douradas, roxas e, ainda por cima baratas e atraentes. Pode até parecer modismo de adolescente, todavia por trás dessas simples pulseiras de borracha mora um grande perigo.

O jogo consiste no chamado "snap", que quer dizer "estouro", ou seja, tem que tentar arrebentar uma pulseira que o amigo(a) possui no braço. Caso o jogador consiga o dono da pulseira deverá se submeter a um ato correspondente àquela cor, segundo uma espécie de código. Os atos são totalmente absurdos e inapropriados para a faixa etária envolvida. A pulseira rosa, por exemplo, corresponde a mostrar os seios. Roxa, significa beijo de língua. Preta, sexo. E a dourada é a mescla de todas as outras.

Um apelo erótico absurdo. Não se sabe ainda quais jovens usam e se os jovens brasileiros seguem á risca o jogo britânico. Por isso é necessário que os pais fiquem atentos.

Particularmente fiquei horrorizada ao saber dos detalhes dessa polêmica. É triste saber que cada vez mais os jovens se precipitam com relação a sexualidade. Numa reportagem que li uma especialista dizia que parece que a sexualidade está se "coisificando", ou seja, virando um consumo sem limites.

Por de trás de tudo isso há uma grande falta de amadurecimento, identidade e é claro de diálogo. Aliás, é talvez essa a causa de bricadeiras inapropriadas estarem iludindo tanto os jovens. A ausência do diálogo corrobora para a falta de discernimento na hora das escolhas.


Quando existe diálogo aliado a uma boa educação, a relação de confiança é inabalável. Assim o jovem saberá decidir sempre pelo o que é certo.


É o meu alerta!

Pense nisso...